Turismo consciente: Entenda como ser um turista consciente

É muito importante que saiba como cuidar dos ambiente que visita, e entender o impacto disso na comunidade. Nesse período pandêmico as viagens ficaram menos frequentes e consequentemente as cidades que vivem de turismo sofreram com a baixa visita.

Quando pensamos em viagens analisamos apenas diversão própria e nem sempre no impacto que é causado.

Existem lugares que super lotam e os moradores sofrem com a cidade tão cheia, pensar somente na parte que o turismo movimenta as cidades e traz ganhos infelizmente não é a realidade, pesquisas revelam que o chamado overtourism (congestionamento ou superlotação) degrada as cidades e muda a rotina dos moradores locais.

Mas, pensando por outro lado os turistas que custeiam e usa os ambientes da cidade contribuem para o desenvolvimento dos moradores locais. A chamada sazonalidade influência na economia e gera emprego, existem lugares que dependem 100% do turismo e do turismo receptivo .

Desta forma vale lembrar sempre que além de contribuir financeiramente fazer escolhas que contribua positivamente para o meio ambiente e a população no geral é necessário.

Veja atitudes que contribuem positivamente para ser um turista consciente:

Optar por locais onde ainda não foram tão explorados que o turismo ainda não ocorre de forma overtourism. Viajar em baixa temporada é bom para o viajante e o receptivo, além de visitar lugares menos lotados as tarifas e compras costumam ter valores menores pela baixa procura naquele período, então aproveite!

Conhecer a cultura e diversidade histórica

Leia sobre o lugar!

Seus costumes e fatos históricos importantes para a cidade, como foi descoberta por exemplo são histórias gostosas de conhecer.

Visitar museus que contem um pouco sobre a cidade ajuda a descobrir as diversas possibilidades de explorar naquele lugar.

Participar de festas e eventos que contemplam a cultura e festeja acontecimentos marcantes para os moradores, contudo respeitar a cultura e as diversidades é necessário.

Viaje sempre com a mente aberta para novas aventuras e culturas que podem se mostrar bem diferentes da sua.

Cuidar da biodiversidade local

Turista consciente pensa sempre na ideia de lixo no lixo. Pequenas atitudes fazem com que a longo prazo o ambiente não sofra as consequências de um mau visitante.

Além de optar por ambientes onde não ocorra sofrimento para atrações turísticas por exemplo, respeitar a biodiversidade marítima e terrestre, acompanhar e atender as solicitações das placas e orientações do guia de turismo torna a visita divertida e sem destruição ambiental.

Comprar no comércio

As grandes marcas e franquias estão em toda parte, nessa hora vale pensar no quanto sua compra irá ajudar as famílias locais, então visitar restaurantes locais, feiras ao ar livre, mercado central da cidade, barzinhos e eventos locais ajudam a aquecer a economia local.

Decidir entre comprar em shoppings em lojas de grife pelo artesanato local feito de forma manual também mantém a empregabilidade e ajuda na manutenção de projetos voluntários.

Experimentar a gastronomia

Cada lugar tem seus pratos e experiências gastronômicas, deliciosos pratos que descrevem sobre aquela cultura e contam histórias dos sabores locais e de como foram desenvolvidos pela comunidade.

Apreciar e respeitar o modo que são criados seus temperados e como são produzidos no geral é necessário e te faz entender os diferencias de cada cultura e oque torna aquele lugar tão especial.

Prestigiar os artistas

Existem diversos tipos de culturas locais e muitos artistas vivem somente disso em ser uma atração para os turistas. E muitas vezes não são prestigiados como deveriam, esse tipo de atração torna o local mais animado e demostra muito sobre o povo da comunidade.

Prestigiar os artistas e contribuir de forma financeira mantém a cultura e para que aquele artista possa continuar com seu trabalho.

Conclusão
Viu só a importância de pensar e rever as atitudes nas viagens?

Nesse artigo falamos sobre como é importante conhecer e respeitar as tradições dos locais em que visita, mostramos como é importante contribuir para a comunidade que muita das vezes vivem apenas das visitas turísticas.

Esperamos que reflita sobre como poderá contribuir em suas próximas aventuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.